Cachorro Pode Comer Tomate? Confira a Opinião da Especialista

Normalmente, os tutores querem dividir tudo com o seu cão, até mesmo os alimentos. Mas será que o cachorro pode comer tomate? É saudável para ele esse alimento?

Mesmo com o olhar dele comovente te pedindo um pedaço, é importante verificar se ele pode ou não ingerir aquilo.

Nós sabemos que retira-se alimentos como a uva da dieta do pet. Afinal, se ingerido com frequência, pode ocasionar problemas renais. Mas e o tomate? Existe alguma restrição para esse alimento?

Se você é um daqueles tutores que gosta de manter uma alimentação mais saudável para o seu dog, continue acompanhando. Vamos te falar se o seu cachorro pode comer tomate ou não.

Boa leitura!

Então, o cachorro pode comer tomate?

Cachorro pode comer tomate

Sim, o cachorro pode comer tomate, mas não se esqueça que com cautela e sem exageros!

O tutor pode dar um pedacinho para o pet sem que corra nenhum risco, portanto, caso o seu doguinho tenha comido um pouco do fruto, não se preocupe. Contudo, é importante ressaltar que o cachorro pode comer tomate vermelho e sem sementes, mas os verdes não são recomendáveis. Veja mais no artigo: Principais alimentos tóxicos para cães e gatos.

Um ponto muito importante é o que cachorro não pode comer tomate quando ainda está verde. Nessa etapa, ele possui um composto químico chamado glicoalcalóide, que é tóxico, e pode fazer muito mal.

Dentre os sintomas que os cachorros podem apresentar nesse caso, são:

  • Gases;
  • Vômitos;
  • Diarreias.

Por isso, o tutor deve escolher tomates maduros, e caso o pé do fruto seja em casa, conte com uma rede de proteção. A videira, folhas e caules do tomate também são tóxicos, pois possuem uma substância, em altas concentrações, chamada solanina, que pode prejudicar a saúde do pet.

E molho de tomate?

Depende muito!

O cachorro pode comer molho de tomate, desde que não seja o produto industrializado, que possui muitos temperos. Afinal, os industrializados prejudicam o cão. O mesmo apresenta dores estomacais quando o ingerem.

Pensando nisso, o cachorro pode comer molho de tomate feito pelo tutor, por exemplo, pois desta forma terá todo cuidado de usar só frutos maduros.

Isso ajuda a eliminar os riscos causados pelos agrotóxicos. Afinal, eles são muito usados em plantações. Por fim, não acrescente temperos. Faça um molho natural, sem condimento, para que seu pet coma sem problemas.

Benefícios

E tomate faz mal para cachorro quando está verde, mas o maduro oferece nutrientes importantes. Afinal, ele contém:

  • Vitaminas do complexo B;
  • Antioxidantes naturais;
  • Lipocarotenos;
  • Vitamina A;
  • Vitamina C;
  • Minerais;
  • Fibras.

Além disso, quando o cachorro come tomate, ele também acaba ingerindo água. Portanto, isso ajuda a mantê-lo hidratado e a eliminar toxinas do organismo.

Ou seja, cachorro pode comer tomates, pois eles proporcionam alguns benefícios, desde que o tutor nunca dê nenhuma das partes tóxicas, nem tomate ainda verde.

Ofereça com moderação!

Caso queira saber mais sobre os benefícios do tomate na alimentação dos cães, vale a leitura do artigo: Recentes avanços na nutrição de cães e gatos.

Meu cachorro comeu tomate: o que fazer?

Como o cachorro pode comer tomate, não há com o que se preocupar. Tudo bem se ele ingerir um pedaço da fruta durante o almoço, só não dê as partes tóxicas, já mencionadas acima, que são:

  • Caule;
  • Folhas;
  • Fruto verde.

Entretanto, caso o cachorro tenha ingerido qualquer uma dessas partes, fique atento, e para maior segurança do seu amiguinho, contate um veterinário podendo ou não ser domiciliar, assim, o seu cachorro estará em boas mãos e com a saúde em dia.

Como preparar tomate que cachorro pode comer?

Cachorro pode comer tomate

O cão pode comer tomate cru, mas a digestão pode demorar um pouco. Por isso, caso resolva dar uma quantidade um pouco maior a ele, prefira o fruto cozido.

Coloque o tomate picado, com um pouquinho de água, em uma panela, e ferva até ele ficar mais macio. Não coloque tempero e espere esfriar, além disso, prefira sempre o orgânico.

Alternativas de petiscos para o meu cachorro

Tomate é uma das alternativas de alimento que pode ser dado ao cachorro em momentos especiais. Você pode oferecer um pedacinho como petisco.

Porém, para além do tomate, há frutas e legumes seguros para serem oferecidos no lugar do petisco industrializado. Existem até algumas receitas de comidas especiais, que farão o seu pet muito feliz.

Veja algumas dicas de frutas, legumes e verduras que podem ser usadas como petiscos para recompensas no treinamento, ou por bom comportamento.

Legumes e verduras que cachorros podem comer

Primeiro, vale lembrar que estamos falando de cães 100% saudáveis. Caso seu cão tenha qualquer problema de saúde, a alimentação dele, inclusive os petiscos, deve ser monitorada pelo médico veterinário.

Não se esqueça que independente do alimento, é preciso tomar alguns cuidados. O primeiro é que eles precisam ser oferecidos cozidos e em pequenos pedaços. É indicado até mesmo fazer um purê, para facilitar a digestão.

Inhames, batatas, mandioquinhas e semelhantes nunca são oferecidos crus, cenoura até pode! Já as folhas verdes devem sempre ser trituradas, para que o pet consiga aproveitar algum nutriente. Além disso, evitar condimentos e temperos é algo essencial.

Há muitos cachorros que não aceitam essas alternativas de petisco. Mas, se o seu recusar, não se assuste. Veja outras opções:

  • Quiabo, chuchu, palmito;
  • Beterraba, berinjela, jiló;
  • Aspargos, brócolis, cará;
  • Alcachofra, pepino, aspargos;
  • Abobrinha, batata, batata-doce;
  • Brotos de feijão, alfafa e brócolis
  • Talos de salsão, cenoura, abóbora;
  • Cachorro pode comer tomate maduro;
  • Couve-flor, espinafre, couve manteiga;
  • Mandioquinha, mandioca, nabo, rabanete.
  • Salsão, alface, agrião, rúcula, acelga, salsinha, salsa.

Frutas que podem ser dadas como petisco 

  • Figo, abacaxi, laranja, morango, mamão;
  • Abacate, melancia sem caroço, melão;
  • Manga sem o caroço, polpa de coco;
  • Caju, caqui, ameixa sem caroço;
  • Maçãs e pera sem as sementes;
  • Amora, banana, goiaba;

Deve-se oferecer as frutas sem casca e sem caroço. Porém, caso tenham sementes, também é importante que o tutor as retire.

Há quem pense que os cães não podem comer frutas ácidas, como a laranja, porém, o pH do estômago dos cães é muito mais ácido do que o dos humanos, e isto quer dizer que não há qualquer problema em ingerir frutas consideradas mais ácidas (sem sementes!).

Se o bichinho não quiser, tudo bem. Não force!

Outras comidas que os pets vão adorar

Além dos pedacinhos de frutas e legumes dados como petisco, o tutor também tem a opção de cozinhar. Afinal, nem todos eles gostam de comer maçã, banana ou tomate! Portanto, é sempre bom pensar em alternativas diferentes.

A receita de hambúrguer para cachorro, por exemplo, leva carne moída e aveia. Portanto, é fácil de ser feita e os bichinhos adoram. A ideia é fazer um prato especial? A colomba pascal é fácil de adaptar para os cães.

No entanto, tudo vai depender da sua disponibilidade, habilidade para cozinhar e claro, da saúde do pet estar 100% em dia!

Compartilhe essa informação e continue acompanhando o nosso blog!

Você ganhou 10% de Desconto na Petlove

Utilize o cupom

AMORAOSPETS

Clique no botão abaixo e faça o seu pedido agora mesmo.

*Válido apenas na primeira compra