Como Adestrar um Labrador? Dicas Práticas para Treinar seu Filho de 4 Patas

A vantagem de saber como adestrar um labrador é excelente para quem é dono de um cachorro dessa raça. Afinal, a educação de um cão é tão importante quanto as suas vacinas em dia e outros cuidados gerais!

Assim como outros cães, o labrador precisa ser socializado desde muito cedo. Isso porque ele precisa conhecer outros pets e pessoas para não estranhá-los. Isso os torna mais equilibrados na vida adulta.

Como adestrar labrador?

Neste artigo vamos mostrar a você como adestrar um labrador. Com as devidas técnicas é possível educá-lo em qualquer idade.

Portanto, continue acompanhando e boa leitura!

Conheça mais sobre a raça labrador

Antes de você entender como adestrar um labrador, é importante conhecer mais sobre essa raça. Afinal, ela é fofa e totalmente cativante, especialmente quando filhotes.

Esse é um cão gentil, inteligente e excelente para conviver em família. Além disso, é um cachorro de caça versátil e ágil, que gosta de agradar o seu tutor e também de fácil adaptação ao ambiente que está.

O cão é de origem da cidade de Terra-Nova, no Canadá, sendo uma mistura entre as raças Terra-Nova e o cão d’água.

As cores padrão do labrador são preta, amarela e chocolate. É importante ressaltar que, os de pelo preto não tem variação de tonalidade, mas os de cor amarela podem variar entre o creme claro e o vermelho. Além disso, os de pelo de chocolate podem ter uma coloração mais escura ou clara.

O cão da raça labrador é muito amigável e adora agradar. Portanto, é uma excelente companhia. O seu temperamento é bastante dócil e gentil, sendo as marcas registradas desse cachorro. Por isso, eles são os mais indicados para o treinamento de cão-guia.

O labrador é uma raça muito inteligente, sociável e bom com as pessoas de modo geral. É bem brincalhão, especialmente em seus primeiros anos de idade, sendo ideais para famílias com crianças.

Como é o labrador com crianças, estranhos e outros animais?

Por serem bastante sociáveis, de fácil adaptação e muito dóceis, os labradores são ótimas companhias para crianças e idosos. Eles amam brincar com os pequenos e, como são bem gentis, possuem o instinto protetor.

O temperamento da raça é bem amigável e extrovertido. Portanto, é bem tolerante com outros cães, gatos e, até mesmo, com os coelhos. São excelentes anfitriões. O cachorro dessa raça vai fazer os seus visitantes sentirem-se em casa.

Apesar de toda a fama de fofura ainda é fundamental o socializar desde filhote com animais e pessoas.

O labrador costuma latir muito?

Latir faz parte do comportamento canino, não é mesmo? Então não espere que um cão não tenha esse comportamento, mas alguns cães tendem a vocalizar mais do que outros.

Não é uma das características da raça latir demais. Por isso, você só o verá latindo quando necessário ou com o intuito de se comunicar. Normalmente, eles latem para dizer que encontraram algo ou sinalizar algum perigo.

Por sua personalidade ser bem dócil, ele não costuma estranhar outras pessoas. Sendo assim, um labrador não deve ter a responsabilidade de guardar a sua casa.

Essa é uma raça destruidora?

A resposta para essa pergunta é: às vezes!

O labrador é muito amigável e brincalhão, portanto, pode ter muita disposição para fazer travessuras. Sendo assim, não o deixe sozinho por muito tempo, pois ele pode aprontar algo. Além disso, ele adora ter o seu tutor por perto.

A energia do labrador costuma ser maior quando ele é filhote. Por isso, morder e roer móveis podem ser uma das suas atividades favoritas. Mas a educação pode ajudá-lo a melhorar esse hábito.

Não é recomendado deixar esse cão entediado, caso contrário, seus móveis e objetos da casa podem sofrer as consequências.

Enriquecimento ambiental é fundamental para o bem estar de todas as raças e não é diferente com os labradores!

Portanto, vale tentar brinquedos que utilizam petisco como recompensa costumam ser excelentes!

Se o cão estiver entretido dificilmente vai ser destruidor.

O labrador é um cão agitado?

Os labradores são agitados. Eles são fáceis de dar bem e se socializar com outros cães e seres humanos. Porém, não confunda sua personalidade descontraída com pouca energia. Afinal, o cachorro dessa raça é muito ativo, portanto, ele nunca vai encontrar um quintal que não goste.

Como eles gostam de nadar e de brincar em espaços abertos, é sempre bom levá-lo para passeios e excursões ao ar livre. Além disso, caminhadas em parque são excelentes para eles se exercitarem e gastarem muita energia.

Saiba como adestrar um labrador

Como adestrar labrador?

Agora que você já conhece as principais características da raça, vamos te mostrar como adestrar um labrador. Ele é um dos cachorros mais encantadores do mundo, sendo muito amável e paciente.

Entretanto, é uma das raças mais propensas a ter obesidade, por isso, é importante que ele passe várias horas brincando, fazendo exercício e tudo o que permita ele se movimentar para ter uma vida saudável.

Um adulto de labrador pode pesar entre 25 a 34 quilos, com um tamanho que varia entre 54 a 57 centímetros.

O cuidado com a sua alimentação também é essencial. Um veterinário pode te ajudar dando dicas sobre como deve ser a alimentação correta do cachorro.

A raça possui forte tendência a obesidade. Portanto, enriquecimento ambiental na hora da alimentação também pode ser de grande ajuda, como por exemplo, colocar a alimentação em potes especiais que fazem o cão comer mais lentamente ou ainda esconder a alimentação em tapetes especiais para cães. Outra medida que ajuda nessa questão é manter uma rotina de horário em relação a alimentação.

Por esse motivo, é essencial saber como adestrar um labrador desde filhote. Uma forma de fazer o cão ser sociável e aprender a brincar diariamente. Dessa forma ele vai gastar uma grande quantidade de energia.

Mas tome cuidado, quando o cão fica adulto, ele tende a comer e dormir com facilidade. Por isso, é sempre bom estimulá-lo a fazer brincadeiras de pegar um objeto ou, sempre que der, sair para uma volta.

Veja algumas dicas para adestrar um labrador retriever:

Um filhote de três meses

Por ser uma raça dócil e sociável, é fácil treinar um labrador filhote. Para adestrar um filhote adequadamente, dois pontos são fundamentais:

  1. Socializar o labrador filhote com diferentes pessoas, animais e objetos, sendo um ponto fundamental para que ele não tenha nenhum medo na fase adulta e consiga viver em harmonia com adultos e outras espécies;
  2. Ensinar os comandos básicos para estimular psicologicamente o cão. Mas isso não quer dizer ensinar somente uns meros truques. Por meio de técnicas de reforço positivo, ou seja, premiar o cachorro com um petisco ou carinho sempre vai ajudá-lo a obedecer ao seu comando muito mais rápido. Ordens como sentar, fica, deita, vem aqui, junto, serão fáceis de serem ensinadas.

Ensinando a fazer as necessidades no lugar certo

Assim como para os comandos básicos, é essencial que você tenha em mente que o reforço positivo serve para tudo o que você quiser ensinar ao seu cachorro. Até mesmo para ensinar o labrador a fazer necessidades no lugar certo.

Portanto, a cada vez que o seu cachorro filhote fizer as necessidades no local pretendido, ofereça para ele um petisco que ele goste muito e faça muita festa!

Contudo, é importante que você tenha regularidade nas horas em que leva o seu cachorro à rua. Caso esse for o lugar certo. Assim, é mais fácil para ele se acostumar a esperar por essas horas e não fazer as suas necessidades dentro de casa.

Quando o labrador é filhote, é importante ter um lugar da casa com muitos jornais no chão, para que o cachorro possa fazer as suas necessidades. Afinal, caso ele não consiga aguentar até à hora de ir passear, ele terá um ponto de apoio.

No entanto, antes dos seis meses de idade, é perfeitamente normal que o cachorro ainda faça necessidades dentro de casa. Alguns cachorros podem demorar mais tempo a aprender.

Você deve lembrar que o labrador, tal como as pessoas, têm diferentes tempos de aprendizagem, e nem todos os cães demoram o mesmo tempo a assimilar aquilo que você quer que eles aprendam.

Sendo assim, tenha paciência e relembre que ele não faz nada por maldade, está apenas aprendendo a viver dentro de sua casa perante as suas regras e nem sempre isso é fácil.

Uma dica também é aprender cada vez mais sobre o comportamento canino. Claro que não precisamos ser especialistas, mas compreender como eles veem o mundo ao redor ajuda muito a convivência.

Consistência, paciência e muito amor são os grandes segredos!

Adestrando o labrador para passear

Para que os passeios sejam seguros e o seu labrador não saia correndo sempre que vê outro cachorro ou um gato, é importante que você adestre ele para passear junto.

Porém, isso não significa que o seu cachorro deva andar sempre junto de si, pois você também deve deixar que ele se expresse livremente e aproveite do passeio.

Se o seu cão já tiver aprendido os comandos básicos “junto” e “aqui”, será muito mais fácil adestrar ele na hora do passeio. Se ele ainda não aprendeu, ensine-o antes de adestrá-lo para passear. É fundamental levá-lo para passear em uma coleira, preferencialmente os peitorais e não as coleiras que ficam no pescoço. Coleiras para passear garantem maior segurança.

Educando o labrador para não pular

O excesso de excitação do animal pode fazer com que ele pule de alegria para cumprimentar as pessoas.

Sabemos que é muito chato e incômodo para algumas pessoas este comportamento e pode até ser perigoso no caso de crianças, já que o cachorro labrador tem um tamanho médio e pode facilmente derrubar uma criança pequena.

Por esse motivo, é importante que através do reforço positivo você faça o adestramento do labrador para não pular. Os comandos “senta” e “fica” são essenciais para este processo.

O ideal é você praticar todos os dias 5 a 10 minutos e oferecer sempre um petisco ou carinho que o recompense. Deste modo, no momento em que você percebe que o seu cachorro labrador vai pular, use esses comandos básicos para evitar que ele o faça.

Dicas importantes

Comece adestrando seu cachorro labrador logo aos dois meses de idade. Nessa altura será difícil para ele associar os comandos a algo que tem de fazer, mas este hábito o irá acostumar para obedecer desde pequeno. Portanto, vai se tornar um cão obediente.

Será útil falar com outros donos de labrador, e perceber quais os truques que eles usaram para adestrar seu cachorro. Assim você pode aprender novos comandos.

Todo comando ensinado aos labradores, mesmo que eles sejam filhotes, devem ser reforçados ao longo da sua vida. Assim eles vão entender o adestramento e, ensiná-lo outro tipo de comando, vai ficar mais fácil.

Seja consistente, paciente e amoroso. Faça o labrador te respeitar e não ter medo de você, e terá um dos melhores companheiros que poderia ter.

Se você deseja ter um cão para ser companheiro de toda família, o labrador é perfeito. Afinal, ele vai adorar ficar rodeado por muitas pessoas.

Você gostou do conteúdo? Leia outros artigos relacionados e deixe seu comentário!

Você ganhou 10% de Desconto na Petlove

Utilize o cupom

AMORAOSPETS

Clique no botão abaixo e faça o seu pedido agora mesmo.

*Válido apenas na primeira compra