Plano de Saúde Animal (Cães e Gatos): É uma boa opção? Vamos descobrir juntos!

Plano de saúde animal para cachorros e gatos é uma realidade. É muito falado atualmente.

Mas, será que essa é uma boa opção? Compensa?

O intuito desse conteúdo de hoje no Amor aos Pets é te mostrar alguns pontos que precisam ser levados em consideração e, ao final, vou dar o meu ponto de vista pessoal.

Convido à todos os leitores desde já que compartilhem sua opinião nos comentários e também a matéria em suas redes sociais. Vamos lá.

Como Funciona o Convênio Pet: Informações Básicas e Necessárias

De forma resumida, a ideia é a mesma dos planos de saúde para humanos.

Você irá pagar uma mensalidade (que varia de cobertura, localização, benefícios e idade do seu animal) e poderá usufruir de alguns benefícios pré-estipulados.

No geral, as melhores empresas de plano de saúde para cachorros e gatos vão trabalhar dessa forma. Mas existem algumas outras que podem não ser assim.

Nosso foco é nas maiores e mais confiáveis.

Como eu mencionei acima, existem diferentes planos e cada um varia de acordo com pacotes oferecidos e, principalmente, os valores.

Existem basicamente três planos e tipos de convênio: básico, intermediário e completo (os nomes quem especificou fui eu, só para ficar mais fácil o entendimento).

Vou juntar alguns dos serviços prestados entre as empresas (Doutor Pet, Health For Pet e PetPlan).

Fiz um mix com alguns dos serviços que eles prestam (nem todos os planos prestam todos). Mas serve para você ter uma ideia.

Plano Básico

Custo: entre R$85 e R$100 por mês (entre 0 a 8 anos – acima disso o preço aumenta). 

  1. Consultas em horários comerciais
  2. Exame de laboratórios (apenas alguns)
  3. Vacinas (apenas algumas)
  4. Emergências
  5. Assistência funeral

Plano Intermediário

Custo: entre R$115 e R$136 (entre 0 a 8 anos – acima disso o preço aumenta).

  1. Consulta com especialistas
  2. Vacinas (todas)
  3. Internação
  4. Cirurgias
  5. Odontologia (em casos de urgência)
  6. Atendimento hospitalar
  7. Castração (somente nos planos intermediários da Doutor Pet)

Plano Completo

Custo: a partir de R$198 mensais – podendo chegar até R$400 mensais (entre 0 a 8 anos – acima disso o preço aumenta).

  1. Consulta em domicílio
  2. Parto
  3. Castração (todos os serviços)
  4. Limpeza de tártaro
  5. Concierge (para treinar o seu animal)
  6. Tomografia e Ressonância

Vale a pena lembrar: Boa parte dos serviços de plano de saúde animal vão exigir um microchip para identificação e, nem todos irão cobrir o custo da implantação.

Outro ponto importante é que grande parte dos serviços consulta com um período de carência que pode variar entre 30 a 360 dias.

Você deve levar isso em conta antes de assinar qualquer contrato. 🙂


Dicas para Escolher um Bom Convênio Médico Animal

Bom, você viu pela rápida análise (e mistura de serviços) que cada um oferece um tipo diferente e que, cabe à você escolher o plano ideal.

Tá, mas como você faz isso?

A resposta para isso é pensar no que vai atender melhor ao que você precisa no momento.

Por mais simples que isso pareça, muitas pessoas não levam isso em consideração.

Não precisa pensar demais, pensar no futuro, pensar que seu filho de 4 patas vai ficar mais velho, etc. Você pode mudar para um plano mais caro sempre que precisar.

Alguns fatores para analisar ao adquirir um plano de saúde animal:

Cobertura

Os planos que eu citei (e que na minha opinião são o TOP 3 no Brasil) ainda não estão disponíveis em todas as regiões e cidades espalhadas pelo nosso país.

A primeira coisa que você deve levar em consideração é: atende na minha cidade? Existe uma grande opção de profissionais credenciados?

Não adianta gastar uma fortuna com um plano de saúde para o seu cachorro ou gato, se ele não tiver o mínimo de cobertura e bons profissionais credenciados.

Ele simplesmente não vai valer a pena.

área de cobertura do plano de saúde pet

Fiz uma pesquisa de profissionais credenciados em Campinas/SP na PetPlan

Esses grandes planos ainda estão muito focados nas capitais (que obviamente oferecem mais mão de obra e possibilidade de parcerias).

Mas eu acredito que muito em breve todos poderemos desfrutar desses serviços.

Serviços Prestados

Quando você for analisar um plano, você precisa analisar exatamente quais são os serviços prestados, se eles tem carência (isso é um fator importantíssimo) e se eles vão satisfazer às necessidades do seu animal.

Não adianta comprar um plano só para falar que agora você possui um plano de saúde animal, sendo que, na hora de uma necessidade específica, você tenha que gastar com um serviço particular.

A mesma coisa vale para a carência. Se você estiver com um cachorro em uma necessidade específica urgente, contratar um plano não é a melhor opção.

Primeiro pelo tempo de carência. Segundo pela questão de que os convênios pet não cobrem problemas pré-existentes.

Analise se o seu plano cobre emergências, atendimento 24 horas, internações, exames, entre tantos outros serviços necessários.

Fique atento também há um detalhe: Para alguns tipos de serviços, existe um limite que você pode usar por ano. Alguns planos oferecem números baixos e outros números grandes.

Você deve levar isso em consideração para não ficar reclamando e brigando sem razão depois.

Você realmente precisa?

Nem tudo são flores. Existem os pontos negativos que devem ser lembrados antes de contratar um convênio.

Pensando em um plano básico de R$85 ao mês, você gastará R$1.020 ao ano com esse custo.

Seu animal frequenta tanto assim o veterinário? Ele toma tantas injeções e fica tão doente que precisa de tantos cuidados?

Existem raças que são mais propensas a terem problemas. Especialmente animais bem novos e mais idosos tendem a ter mais problemas.

Mas animais de 1 ano (jovens) e adultos saudáveis não necessitam de tantos cuidados ainda.

Você precisa calcular cada despesa e analisar se realmente vale ou não à pena contratar um convênio para o seu cachorro/gato.


Quando é indicado assinar um plano de saúde pet?

A resposta tende a ser: o mais rápido possível.

Mas devemos ser racionais ao invés de emocionais e eu recomendo o mesmo pra você.

Assim como eu mencionei acima, se você tem um cachorro ou gato saudável e mais novo, ele não necessariamente precisa ter um convênio.

Nesse momento, as visitas ao seu veterinário de confiança (de forma particular), acabam saindo mais barato do que uma assinatura (no decorrer do ano).

Se os planos mais básicos cobrissem a castração e boa parte das vacinas, por exemplo, seria uma boa ideia.

Mas o plano que você precisa assinar para ter um serviço como a castração, por exemplo, compensa pagar o serviço direto ao veterinário (sem utilizar um plano de saúde pet).

Então, quando devo optar pelo plano de saúde?

Animais Idosos

Assim como nós humanos, em determinado momento de nossas vidas nossas idas ao médico ocorrem com maior frequência, pois nosso corpo muda e não aguenta mais a vida de antes.

O mesmo acontece com o seu bichinho! 🙂

Ele vai demandar de maior cuidado, mais acompanhamento médico para prevenção e tratamento de eventuais doenças comuns em certas idades.

Antes que ele desenvolva alguma doença, é muito aconselhável que você adquira um plano de saúde animal.

Animais Filhotes / Adultos

Você ama o seu filho de 4 patas e quer o melhor pra ele?

Escolher um plano que atenda consultas de rotina e prevenção é a opção ideal. Melhor que viver uma vida de “ficar doente para curar” é a vida de “evitar doenças”.

Estar próximo à um veterinário de confiança periodicamente é a melhor coisa para a saúde do seu animal. Mas pode acabar saindo um pouco caro.

Não tem idade para ser surpreendido por seu animal que acabou de comer um edredom às 22h, né?

Quando isso aconteceu comigo, ter um convênio seria a melhor coisa possível. Eu simplesmente me desesperei e gastei uma fortuna.

Se você possui uma condição financeira estável e pode usufruir desse benefício, não há razões para não desfrutar e adquirir.

O seu bichinho só tem a ganhar com a prevenção e visitas frequentes há um profissional de qualidade.


Qual o melhor plano de saúde animal?

É difícil declararmos que um ou outro seja o melhor.

Mas podemos levar em consideração alguns fatores que podem contribuir para sua aquisição.

Alguns deles são: disponibilidade de profissionais credenciados, benefícios inclusos, área de atuação e  preço (importante também, não sejamos hipócritas).

Eu gosto das três empresas que citei anteriormente: Health for Pet, PetPlan e Doutor Pet.

Ambas possuem ótimos serviços e o que difere na minha opinião de uma para outra, é a quantidade de empresas/profissionais credenciados no convênio médico animal.

Vejamos, por exemplo, a atuação da Doutor Pet em Campinas:

convênio médico animal em Campinas (Dr. Pet)

Atuação da Doutor Pet em Campinas/SP

Nesse caso, para mim, seria mais válido o Doutor Pet do que os outros. A área de atuação é muito maior que os concorrentes – pelo menos nesse momento. 

Na minha opinião, esses são os melhores planos de saúde pet. Pois são mais tradicionais e oferecem uma abrangência maior.

Mas como disse no início, eles não estão disponíveis em todas as cidades do Brasil.

Nesse caso, você pode verificar se o consultório que o seu veterinário de confiança trabalha oferece um plano semelhante (isso se tornou muito comum para fidelizar clientes).

O único aspecto negativo nesse caso é o de que eles podem não cobrir determinado serviço e nesse caso, você gastaria duas vezes.

Mas entre ficar sem e fechar um plano de saúde animal (para cães e gatos) direto com as clínicas, a segunda opção é bem melhor!

Volto a dizer: Essa questão de melhor é muito delicada. Você precisa fazer uma análise e verificar aqueles que melhores atendem às suas necessidades específicas.

O que eu compartilho aqui, são apenas sugestões para te dar um ponto de partida.

quando comprar um convênio pet


Conclusão

Bom, chegamos ao final desse artigo que ficou um pouco extenso, mas esse é um assunto que merece sua atenção.

Afinal, seu filho de 4 patas – seja ele um gato ou um cachorro – merece o melhor sempre.

Eu acredito que um plano de saúde animal é muito válido e pode te economizar uma fortuna em casos de desespero – como o que eu citei, quando meu Poodle Toy comeu o meu edredom.

Sem contar que a prevenção é excelente e te permite economizar muito com remédios, que, convenhamos, não é nunca uma boa opção.

O que você acha? Qual sua opinião sobre os convênios animais? Você escolheu algum? Porque?

Deixe seu comentário, quero muito ouvir sua experiência.

Plano de Saúde Animal (Cães e Gatos): É uma boa opção? Vamos descobrir juntos!
5 (100%) 3 votes