Ração Matisse: Detalhes, nutrientes, prós e contras!

Trabalhando um pouco no lado dos gatos agora, vamos analisar se a ração Matisse é boa e se vale a pena comprá-la! 🐱❤

Você tem o costume de comprá-la para seus felinos?

Vamos conhecer um pouco sobre a empresa e ver se ela é uma ração confiável.


Um pouco sobre a empresa

Matisse é uma ração para gatos, da marca Farmina, uma marca de origem Italiana, que está no Brasil desde 2009.

É considerada uma marca de referência na Europa. Veio para o Brasil pra concorrer com as grandes marcas daqui.

Além da qualidade dos seus produtos, a Farmina tem uma grande vantagem sobre as outras marcas, que é o valor. São mais baratas, mas isso não influencia na qualidade.

A Matisse é uma ração seca, são as conhecidas rações em grãos.

Ela está na categoria Premium, ou seja, rações com alto controle de qualidade e com ingredientes com alto potencial nutricional.

Mas a marca Farmina também fabrica vários outros tipos de ração: Cibau para cães (super premium), Ecopet para cães (premium), Vetlife (rações terapêuticas) e N&D para cães e gatos (super premium).

Inclusive, a ração úmida que seria os sachês e/ou latas, mas nesse caso, somente a ração N&D da Farmina que tem essa opção, o que poderemos falar mais sobre em um próximo artigo.

Agora vamos descobrir se a  ração Matisse é boa (ração para gatos) que tem várias opções de sabor e se encaixa nas necessidades do seu gatinho, sendo ele filhote, adulto ou castrado.

Ração Matisse para Gatos

Prós

1 – A ração Matisse faz a diferenciação de animais filhotes, adultos castrados e os não castrados, pois sabe que o metabolismo deles são diferentes, portanto o alimento se torna mais funcional para aquele que precisa de uma metabolização mais eficiente, que é o caso dos castrados

2 – Tem bastante variação de sabores, isso é ótimo, pois só quem tem gato sabe como eles são seletivos

3 – A ração Matisse é boa porque sua embalagem plástica é revestida com alumínio, o que deixa a ração mais conservada, protegendo assim seus nutrientes e também o cheiro.

Contras

1 –  Assim como a maioria das rações secas, ela tem uma baixa porcentagem de umidade, o que para o felino é muito importante, pois eles por natureza tem baixa ingestão de água, sendo assim, terá que ser complementada com ração úmida (Sachês e Latinhas).


Por Dentro da Ração: Quais os seus Benefícios?

Todas tem uma fórmula base idêntica, então vamos a análise dessa fórmula e mais pra frente, falarei das diferenças e o porquê delas.

Lembrando que estamos falando de um animal carnívoro, então, esperamos que tenha carne na fórmula, assim como fibras e carboidratos que na natureza são obtidos através das vísceras da presa.

Todas as rações tentam imitar a alimentação desses animais, como se vivessem livres na natureza. Mas o que diferencia cada uma delas é a origem de seus ingredientes, pois nutrição não é apenas “encher a barriga”, mas sim absorver o necessário para manter a saúde do animal – são os alimentos funcionais.

A ração Matisse é boa pois trabalha com origens de nutrientes de forma qualificada.

A base de nutrientes utilizada em sua fórmula

Fibras:  Na fórmula base são usadas as fibras solúveis, que fermentam, e tem a ação de esvaziamento gástrico e absorção intestinal, elas provém da polpa de beterraba e da levedura seca de cerveja

Taurina: A Taurina é um ácido sintetizado pelo fígado e possui um efeito protetor cardíaco, ela provém das proteínas encontradas na fórmula farinha de peixe, farinha de vísceras de frango, carne. Veja os benefícios para os gatos aqui.

Ômega 3 e 6: São ácidos graxos, também chamados de gordura boa. Eles tem um papel importante como integrante na estrutura de todas as células, controlam a secreção e regulação hormonal e são compostos chaves em processos inflamatórios e imunes. Provém do óleos de peixe e de frango, encontrados na fórmula.

Vitaminas A, D3, E, C: São antioxidantes naturais, que ajudam a metabolizar lipídeos (gorduras) e provém da polpa de beterraba.

Antioxidante (BHA e BHT): São antioxidantes sintéticos que também ajudam a metabolizar os lipídeos de baixa densidade (gorduras), os famosos triglicerídeos e colesterol.

ração matisse é boa

Diferenças nas rações para gatos castrados

L-Carnitina: É um aminoácido que também é sintetizado no fígado, tem efeito protetor cardíaco também e a união dela com  a taurina tem um efeito potencializado de metabolização de gorduras, que no caso do gato castrado é bem importante devido a queda de atividade física.

Com a diminuição de hormônios sexuais, levando o animal a obesidade, ela também provém das proteínas contidas na fórmula, mas nessa ração em especial a L- Carnitina está em maior quantidade.

Celulose: É uma fibra insolúvel, também de origem vegetal, mais precisamente da parede celular da planta, que não fermenta, portanto é usada principalmente nas rações para gatos castrados, pois reduzem a constipação, aumentam a consistência das fezes e  aceleram o trânsito intestinal, protegendo o intestino de infecções bacterianas

Esse vídeo abaixo fala um pouco mais sobre a ração (está em inglês, não achei a versão traduzida ainda).


Mas afinal, a ração Matisse é boa mesmo? Vale a Pena?

A ração Matisse é boa sim. É uma ótima opção de alimento para gatos pois supre todas as necessidades funcionais e nutricionais do felino.

Além de usar ingredientes de qualidade e tecnologia de ponta para a fabricação da mesma, sendo confiável para manter o seu gatinho saudável e bem nutrido.

Você tem o costume dar a ração Matisse para o seu gatinho? Quer compartilhar a sua experiência comigo e com as outras leitoras do site?

É só deixar um comentário aqui abaixo! 🐱

Ah, se quiser conhecer os critérios para definir a melhor ração para gatos, é só conferir nossa matéria!


Correções e revisões feitas pela médica veterinária Adriana Rodrigues Fadul, CRMV/SP: 21.048

Fontes usadas:

(1) https://wp.ufpel.edu.br/nutricaoanimal/files/2011/03/Avan%C3%A7os_caes_gatos.pdf

Ração Matisse: Detalhes, nutrientes, prós e contras!
4.4 (87.5%) 16 votes